segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Oficina de Estêncil sem corte e Coletiva - Proposta para virada cultural 

Estêncil é uma forma de mascara vazada utilizada para reproduzir imagem, normalmente é obtida através de cortes em uma acetato ou papel. 
Como venho trabalhando com muitos públicos que não possam ou não tem pratica de cortar com estilete, vim desenvolvendo uma técnica de colagem em um suporte que permita criar esta mascara. 

video
  • A partir de uma imagem própria para estêncil (imagem composta de duas cores)   
  • Cubra com magipac ou filme de pvc, para proteger o a imagem de cola 

video

video
  • Com uma tela "filo, véu de noiva ou tuli" cubra a imagem, ela tem que estar totalmente visível 
  • Comesse a colar, pensando sempre em isolar uma das cores da sua imagem (você pode colar com papal ou fita)   



Exemplo de trabalho feito com esta técnica e de forma coletiva  

Mascara feita de colagem 

Aplicação de mascara no muro 



Proposta para Virada Cultural 2017

Para esta virada cultural proponho um dialogo como arte urbana, através de uma oficina que venho desenvolvendo, trata-se de mascara de estêncil coletiva 5 por 10 metros, parte de uma imagem previa em que os participantes vão isolando partes e compondo uma mascara através de colagem, realizada por passantes, trata-se de um trabalho que pode ser realizado por qualquer idade, trabalhando com a ideia de publico rotativo. Sua pintura será feita de forma coletiva como painel aberto e coletivo.


Na imagem acima as pessoas estão trabalhando em conjunto, no chão colando a fita na tela, isolando 
a parte positiva da imagem.

A pintura pode ser feita com spray mas também pode ser realizada com tinta.

CONSIDERAÇÕES

Esta oficina pode participar algumas dezenas de pessoas pois esta na contida a ideá de publico rotativo, é ideal para locais de grande circulação de pessoas, sua duração contando com a pintura é de 6h a 8h tem em seu cerne a uma questão performática.